Associação pró armamento culpa games pelo massacre de Sandy Hook

Vice-presidente executivo da NRA denomina mercado como uma "indústria negra"

Redação Arena | - Atualizada às

Associated Press
Wayne LaPierre, vice-presidente executivo da NRA

Após o massacre na escola Sandy Hook, onde um rapaz de 20 anos assassinou vinte e sete pessoas na cidade de Newtown, Connecticut - incluindo aí sua própria mãe e vinte crianças de 6 e 7 anos -, o presidente Barack Obama reuniu um grupo para discutir novas políticas quanto a posse de armas de fogo no País, a fim de prevenir tragédias como esta.

Leia também:
- Democratas defendem maior controle de armas nos EUA 

Em contrapartida, o vice-presidente executivo da NRA (National Rifle Association, grupo que faz um poderoso lobby em favor aos armamentos nos Estados Unidos), Wayne LaPierre, acusou os games como maiores responsáveis pelo acontecimento.

Em uma coletiva de imprensa realizada nesta sexta-feira (21), LaPierre afirmou que jogos como Bulletstorm, GTA, Splatterhouse e Mortal Kombat influenciam diretamente a mente dos jovens e os tornam pessoas mais propensas a agirem violentamente.

"E aqui há uma verdade suja que a mídia faz o seu melhor para esconder: existe neste país uma indústria negra, insensível, corrupta e corruptora que vende e semeia violência contra seu próprio povo", disse se referindo à indústria do entretenimento eletrônico.

Além disso, o executivo também afirmou que tornar as escolas áreas livres de armamentos é um erro, pois, segundo ele, "as mesmas armas que protegem o nosso presidente, poderiam proteger as nossas crianças".

Ou seja, ao invés de discutir uma política mais responsável de acesso às armas de fogo, a NRA encontrou nos videogames uma maneira de evitar maiores explicações de como um jovem de 20 anos tinha em mãos um fuzil de assalto concebido para a utilização militar.

Afinal, armas não matam pessoas, controles de PlayStation é que fazem isso.

Leia tudo sobre: Sandy HookNewtownWayne LaPierreNRAmassacreEstados UnidosGTAMortal Kombat

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG