Comprar PS4 em viagem ao Chile ou EUA custa menos que console no Brasil

Por Henrique Sampaio | - Atualizada às

Texto

Novo console da Sony a ser vendido por R$ 3.999 no País é a quase cinco vezes mais caro que nos EUA

PlayStation 4. Foto: ReproduçãoPlayStation 4. Foto: ReproduçãoDualShock 4. Foto: ReproduçãoPlayStation 4. Foto: ReproduçãoPlayStation 4. Foto: ReproduçãoDualShock 4 e PlayStation Eye. Foto: ReproduçãoDualShock 4. Foto: ReproduçãoPlayStation 4. Foto: ReproduçãoPlayStation 4. Foto: ReproduçãoDualShock 4. Foto: ReproduçãoDualShock 4. Foto: ReproduçãoPlayStation 4. Foto: ReproduçãoPlayStation 4. Foto: ReproduçãoPlayStation 4. Foto: Reprodução

Na manhã desta quinta-feira (17), a Sony anunciou que o PlayStation 4 chegará ao Brasil por R$ 3.999. O valor exorbitante, R$ 1.800 a mais que o concorrente Xbox One (que custará R$ 2.199) e 464% mais caro que o preço do console nos EUA (US$ 399, equivalente a R$ 861 na cotação atual), assustou os consumidores e foi parar nos assuntos mais comentados do dia no Twitter.

Segundo a Sony, o motivo do valor elevado é devido aos impostos do País. De 60% a 70% do valor final ocorrem por causa das taxas adicionais cobradas pela importação do PS4, que é trazido para cá já pronto, e não montado aqui com peças importadas.

No Chile, o console sai por 329.991 pesos chilenos (equivalente a R$ 1.451 na cotação atual), enquanto que na Argentina ele chega por 6.499 pesos argentinos (equivalente a R$ 2.400).

A discrepância de preços é tão grande que, se você comprar um pacote de viagem para a capital do Chile, Santiago, com passagens e hospedagem inclusas para uma pessoa, do dia 27 de novembro ao dia 1° de dezembro, você paga R$ 1.454 (segundo cotação do site Decolar), compra o PlayStation 4 no dia de seu lançamento (28 de novembro, mesma data do Brasil) por R$ 1.451 e gasta um total de R$ 2.905. Contudo, devido o limite de compras no exterior em US$ 500, estabelecido pela Receita Federal, haveria incidência de impostos de 50% no valor da compra do console, uma vez que, no Chile, o PS4 é equivalente a US$ 671. Ou seja, o console sairia por R$ 2.175, que somado ao valor da viagem (sem incluir despesas adicionais), daria um total de R$ 3.629 - ainda assim, R$ 370 de economia.

Já um pacote de viagem para Miami, nos EUA, com passagens e hospedagens incluídas, do dia 13 a 18 de novembro, sai por R$ 2.564. Comprando o console em 15 de novembro, data de lançamento do PS4 no país, você paga US$ 399 - que, ao contrário do Chile, fica abaixo do limite de compras de US$ 500 no exterior e, portanto, conta com isenção de impostos. Assim, o console sai por R$ 861 e os custos totais, sem a inclusão de despesas adicionais, por R$ 3.425 - uma economia de R$ 574, em relação ao preço do PS4 no Brasil.

A equipe do Arena se reuniu para discutir a questão do preço do PS4, assista:


Leia tudo sobre: PS4SonymercadoBrasilpreçoPlayStation 4viagemimposto
Texto

notícias relacionadas