PlayStation 4: poder de processamento aliado à experiências online

Por Redação Arena | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Conheça as principais características do sucessor do PlayStation 3

Reprodução
PlayStation 4

Enquanto nos EUA o PlayStation 4 chega como a segunda opção mais acessível entre os consoles da nova geração, atrás apenas do Wii U, no Brasil, ele é indiscutivelmente o console mais caro. Devido a alta carga tributária do nosso País, o PlayStation 4 chega oficialmente pelo exorbitante preço de US$ 3.999 no Brasil, no dia 27 de novembro - quase cinco vezes mais caro que nos EUA, onde sai por US$ 399, no dia 15 do mesmo mês.

Valores proibitivos à parte, o PS4 segue a linha do Xbox One, aprimorando tudo aquilo que suas versões anteriores (PS3 e Xbox 360) fizeram, mas adicionando novos recursos inéditos que devem ampliar ainda mais a forma como nos comunicamos online através dos nossos videogames e compartilhamos conteúdo.

Poder de processamento e conteúdo imediato

Segundo a Sony, o PS4 possui dez vezes mais poder de processamento que o PS3. Com seu potente processador de oito núcleos e 8 GB de memória RAM, o PS4 reduz drasticamente o tempo de atraso entre os jogadores e o conteúdo, além de facilitar a vida dos desenvolvedores com uma arquitetura muito mais simples de se trabalhar do que a do PS3.

Veja uma lista das especificações técnicas do PlayStation 4, em comparação com o Xbox One:

 

Xbox One

PlayStation 4

CPU

CPU de oito núcleos da AMD de 1.75GHz

CPU x86-64 AMD "Jaguar" de oito núcleos

Processador Gráfico

D3D 11.1 chip com 32 MB de memória embutida

Radeon “next-gen” da AMD com performance de 1.84 teraflops

Memória (RAM)

8 GB DDR3 + 32MB eSRAM

8 GB GDDR5 RAM, com fluxo de 176 GB por segundo

Disco Rígido

500 GB 

500 GB

Drive óptico

Drive de Blu-ray e DVD (compatível com CDs de áudio)

Drive de Blu-ray e DVD 

Conexão

USB 3.0

USB 3.0

Comunicação

Ethernet, três bandas diferentes de 802.11n (para conectar controles e outros aparelhos), WiFi Direct

Ethernet, IEEE 802.11 b/g/n, Bluetooth 2.1 (EDR)

Áudio e Vídeo

Entrada e saída HDMI, 1080p e 4k de suporte, saída digital óptica de áudio

HDMI, saída digital óptica de áudio, vídeo analógico


O console é capaz de armazenar cada sessão de jogo, permitindo suspender e resumir partidas em segundos, com o pressionar de um botão. A Sony está levando a ideia de reduzir o tempo de espera do jogador tão à sério que será possível jogar um jogo comprado digitalmente conforme ele é baixado, em tempo real.

Além da velocidade de processamento, seu hardware é capaz de reproduzir gráficos com maior grau de realismo, mundos maiores e mais detalhados e simular efeitos de física e partículas com mais precisão, tudo isso em resoluções de até 1080p. As partidas mutiplayer também serão beneficiadas deste poder, com maiores cenários e mais jogadores simultâneos.

PlayStation 4. Foto: ReproduçãoPlayStation 4. Foto: ReproduçãoDualShock 4. Foto: ReproduçãoPlayStation 4. Foto: ReproduçãoPlayStation 4. Foto: ReproduçãoDualShock 4 e PlayStation Eye. Foto: ReproduçãoDualShock 4. Foto: ReproduçãoPlayStation 4. Foto: ReproduçãoPlayStation 4. Foto: ReproduçãoDualShock 4. Foto: ReproduçãoDualShock 4. Foto: ReproduçãoPlayStation 4. Foto: ReproduçãoPlayStation 4. Foto: ReproduçãoPlayStation 4. Foto: Reprodução

Conectado você vai além

A Sony deu tanta ênfase no compartilhamento de conteúdo online no PS4 que seu controle, o DualShock 4, ganhou até um botão "Share". Durante seu jogo, a qualquer momento, você pode pressionar o botão para compartilhar imagens e vídeos dos últimos 15 minutos de jogo, em uma ferramenta de edição simplificada e acessível. Ou seja, agora aqueles momentos grandiosos, inusitados ou engraçados de seus jogos poderão ser eternizados e compartilhados na rede.

Também é possível usar o sistema para transmitir suas partidas ao vivo na internet, para aqueles que gostam de fazer vídeos de gameplay comentados. Outros jogadores poderão assistir sua partida e interagir com você ao vivo. Uma outra possibilidade (que não estará disponível no lançamento do console) é permitir que um jogador online tenha acesso temporário ao seu jogo, para te ajudar a passar de um trecho muito difícil.

A irmandade PlayStation

Devido sua arquitetura de hardware simplificada, o PS4 não é retrocompatível, o que significa que ele não rodará os jogos do seu PS3, PS2 ou PS1. Mas se você fizer muita questão, a Sony deve oferecer, no futuro, uma alternativa para rodar jogos antigos através da tecnologia em nuvem, por transmissão de vídeo - o que exige uma boa conexão com a internet. Posteriormente, os próprios jogos do PS4 também poderão ser testados em nuvem, por streaming, antes de serem comprados, já prometeu a Sony.

A boa notícia é que você pode jogar os jogos do PS4 no PS Vita, através do recurso Remote Play. O sistema transforma o PlayStation 4 em um servidor e o Vita em um cliente, que recebe as informações processadas no console via Wi-Fi. O funcionamento é mais ou menos parecido com o do Wii U, em que alguns jogos podem ser jogados diretamente no gamepad, deixando a TV livre para o uso. O recurso até permite que você jogue seus jogos de PS4 no Vita fora de sua casa e longe do console, mas para funcionar adequadamente, ambos os consoles precisam estar conectados em uma rede wi-fi robusta e estável. Jogadores do PS4 também podem se comunicar com jogadores do PS Vita, comparar trofeus, participar de bate-papos com voz (inclusive durante um jogo) e enviar mensagens.

Leia tudo sobre: PS4SonyguiaGuia de Videogames

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas